Falcão anuncia aposentadoria do futsal após fim da temporada

Com um gol de letra e outro de cobertura, Falcão se despediu da Seleção Brasileira no último dia 28 de outubro. Neste domingo, no entanto, o craque estendeu seu adeus ao futsal no geral dizendo que apenas fechará seus compromissos neste ano com o Magnus, equipe de Sorocaba que defende pela terceira vez desde o início de 2018.

“Profissionalmente, pensando muito, com 41 anos chegou o momento. Me despedi da seleção recentemente e agora vou terminar meus compromissos com o clube. Tenho certeza que ainda farei muitos eventos, mas para me divertir. Profissionalmente é o meu último ano”, garantiu.

O craque, que acumula em sua carreira mais de 100 títulos e é considerado o maior jogador de futsal de todos os tempos, também falou da dificuldade de “correr atrás da molecada”. “É, o cansaço bateu e umas dorezinhas que nunca tive começaram a aparecer. Estou com 41 anos e percebo que está cada vez mais difícil correr atrás dessa molecada de 20, 21 anos. Mas, com certeza, a sensação que fica é a de dever cumprido”, finalizou.

Falcão começou a jogar futsal profissionalmente em 1994, no Corinthians. Agora, aos 41, ele olha para trás e vê suas passagens por dez clubes diferentes e 73 títulos conquistados, além da Seleção Brasileira, a qual defende há 20 anos. Com a amarelinha, Falcão possui 29 taças em 258 jogos disputados e 401 gols marcados. Entre as principais conquistas pela Seleção estão duas Copas do Mundo, cinco Copas América e 11 Grand Prix. Já pelos clubes, a lista é ainda maior: dois Mundiais (2008 e 2012), sete Libertadores, sete Sul-Americanos, nove torneios nacionais e 13 estaduais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *