Apesar do vice-campeonato, Kazu parabeniza elenco abebeano pela segunda final consecutiva

Em um jogo eletrizante, AABB/MAPFRE e Real Madruga realizaram a segunda final do Campeonato Estadual Divisão Principal, na sexta-feira (14/12), em Araçatuba (interior de SP). Com o empate da primeira decisão, o time do interior paulista só precisava de um resultado igual para se sagrar campeão paulista 2018.

E mesmo com uma pressão enorme por parte da Associação Atlética Banco do Brasil durante partida, o placar foi favorável à equipe adversária. Logo no início do duelo, com menos de dois minutos, o Real Madruga abriu o marcador com Juninho.

Daí para a frente, só deu AABB/MAPFRE. Porém, os abebeanos não conseguiam furar a defesa de Araçatuba até o final do primeiro tempo. Após o intervalo, o time da capital voltou ainda mais concentrado, levando Luís Felipe a igualar os números aos quatro minutos, colocando a Associação novamente na disputa.

Com o tento anotado, a equipe azul e branca passou a trocar passes e praticamente dominou a segunda etapa. Mas, em meio a tantas chances desperdiçadas, em um lance de bola parada com um cruzamento vindo da esquerda na área da Associação, o atleta Bruninho, do time da casa, deu números conclusivos ao confronto: 2 x 1.

O técnico da AABB/MAPFRE, Kazu, parabenizou o elenco abebeano. “Foi uma partida em que nos dedicamos, fomos pra cima e merecíamos um resultado melhor. Mas, pelo segundo ano seguido estivemos na decisão, e por pouco não saímos bicampeões. Parabéns aos atletas pelo empenho e determinação, e à nossa diretoria pelo apoio fundamental dado à nossa equipe”.

Informações: assessoria de imprensa AABB/MAPFRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *