Fora de casa, São José segura pressão do Mogi e vence por 2 a 1

Em partida válida pela Liga Paulista, o São José Futsal/Manguaça FS visitou o Mogi, na cidade de Mogi das Cruzes, na noite de quinta-feira (21). Por 2 x 1, a equipe do São José saiu com a vitória de Mogi das Cruzes, conquistando mais três pontos no estadual. O próximo compromisso da equipe é contra a Intelli, novamente pela LPF, na próxima segunda-feira (20) às 20h, no ginásio do Tênis Clube.

Crônica

O São José Futsal iniciou a partida buscando rodar rapidamente a bola, com muita movimentação. Por conta disso, a posse era toda do time visitante e o Mogi se viu obrigado a ficar atrás, aguardando um contra ataque para subir.

Mesmo com a dificuldade de achar uma brecha, as melhores chances eram do São José Manguaça. Em boa oportunidade, Simi ficou no um contra um com o goleiro, mas bateu em cima do arqueiro de Mogi. Paulinho e Vandinho tentavam em chutes a distância e Dieguinho também teve bom chute cruzado, que acabou indo para fora. A equipe da casa respondia com rápidos contra ataques e jogadas de bola parada, mas a defesa joseense estava atenta e ainda contava com boas intervenções do goleiro Daniel.

No minuto final da primeira etapa, em jogada de bola parada, Paulinho teve chute à queima roupa defendido, seguindo de Vandinho, de esquerda.  Nos últimos três segundoss, em cobrança de falta, Gustavinho rolou para Leandrinho, que chutou cruzado. Dieguinho aproveitou a finalização para empurrar a bola para dentro do gol e inaugurar o placar.

O segundo tempo continuou do mesmo jeito que o primeiro: O São José se mantinha com a posse de bola, porém a equipe de Mogi tentava apertar mais, subindo sua marcação e diminuindo o espaço. Por isso a partida ficou mais dura: a briga pela bola era intensa dentro de quadra.

A história se repetia no segundo tempo, com muitas chances para os visitantes. Na primeira, em jogada rápida e somente com toques de primeira, Leandrinho recebeu na área e bateu mascado, para a defesa do goleiro. O mesmo também teve outra chance, mas o placar não se alterava. Por sua vez o Mogi não se abatia, pressionando e, muitas vezes, levando perigo. O goleiro Daniel ia fazendo excelente trabalho.

O segundo veio com Paulinho: o fixo recebeu passe cruzado na área e chutou alto, tirando do goleiro: 2 x 0.

Com seu goleiro adiantado, o Mogi procurava espaços para chegar à meta do São José. A defesa, bem postada e equilibrada, não abria. Restava os chutes a longa distância e foi assim que saiu o gol: em chute de longe, desviado, que matou o goleiro Daniel, os mandantes diminuíram. Apesar da pressão, os visitantes garantiram os 2 a 1.

Informações: assessoria de imprensa São José
Foto: Brenno Domingues/São José

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *