“Onde tudo começou”: “Talvez falte representatividade mais forte no âmbito nacional”

Formado em Engenharia Mecânica e atuando como gerente comercial em uma indústria de alumínio, hoje a série “Onde tudo começou” vai contar um pouco mais sobre o ex-salonista que jogava como fixo. Walter Silveira Freitas, o Tite, é o principal personagem na série desta sexta-feira. Confira:

Clubes
Palmeiras, Hebraica, Indiano, Moinho Água Branca, Transbrasil , GM, Bordon e Eletropaulo.

Títulos
Metropolitano – 6
Estadual – 3
Brasileiro Seleções – 1

Trajetória
“Comecei a jogar Futebol de Salão em 1974 no Palmeiras, na categoria Infanto-Juvenil (nome da época). A decisão de jogar foi natural , pois tudo foi dando certo conforme eu subia de categoria (Juvenil e Principal). Durante a carreira eu estudei Engenharia e trabalhei simultaneamente”, conta Tite.

Companheiros fundamentais no esporte
“A motivação se manteve durante os anos devido aos excelentes clubes que joguei e os ambientes que se formavam . O grupo de amigos que pertencia foi fundamental. Tenho que citar nomes como Miral, Banzé , Dario, Batata , Menta, Dilson, Menta etc.”, diz.

Perspectiva no esporte
“Não vivo mais o ambiente do futsal, mas talvez falte representatividade mais forte no âmbito nacional. É difícil entender como o Futsal não esteve na Olimpíada do Brasil, sendo que nosso país é tão forte em nível mundial”, diz o ex-fixo.

Tempo de carreira
De 1974 à 1993.

Em pé, Tite é o quinto da esquerda para à direita. (Foto: acervo)

Foto em destaque: Tite é o terceiro, em pé, da esquerda para à direita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *